sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Ausência !


Não sei em que mundo estou… Se, num mundo de ilusões, num mundo real, ou num mundo imaginário… É impossível de compreender!
Queria acreditar na facilidade que poderá (ou poderia…) haver para não sentir saudades tuas, para te esquecer e, principalmente, na possibilidade de deixar de gostar de ti…
Será assim tão fácil como dizem? Talvez… Talvez tenham um pouco de razão… Mas isso era se atrás de um “vou esquecer-te” , não estivesse uma simples pergunta como: “É isso mesmo que queres?”
É verdade… Acontece sempre…
Sinto-me estupidamente parva pelo facto de, mesmo sabendo que és um otário e que as únicas coisas que mereces é apenas desprezo e ignorância, continuar a gostar de ti…
Não consigo entender como é que, apesar de tudo o que fizeste, de tudo o que me fizeste sofrer… Ainda consiga achar que mereces uma “segunda oportunidade” ; que consiga chorar todas as noites, por esta tua infinita ausência ; que ainda consiga admitir perante todos que ainda gosto de ti, da mesma maneira que me apaixonei por ti quando te conheci ; e principalmente, que ainda consiga dizer que, um dia vais voltar e eu vou estar aqui à tua espera! /: 

2 comentários:

Ana Cidade disse...

gosto do teu blog, sigo*
http://anacidade.blogspot.com/, este é o meu blog, passa por lá se gostares segue, obrigada e desculpa o incomodo. (:

Vanessa Campos disse...

gostei e segui, se quiseres passa no meu { http://omeuverdadeirosentido.blogspot.com/ }
Beijinhos (: